clima na agricultura

Clima na agricultura: como usar a previsão do tempo a favor do plantio?

Se você sabe que vai chover, provavelmente não deixa nenhuma roupa estendida do lado de fora e pega um guarda-chuva antes de sair de casa, não é? A previsão do tempo é importante no seu dia a dia, mas ela é indispensável quando se trata de conhecimento sobre o clima na agricultura.

É impossível falar em produção agrícola sem mencionar o clima na agricultura, afinal, ele é um dos seus fatores de maior interferência. Isso porque suas mudanças podem afetar tanto o volume quanto a qualidade da produção nas lavouras.

A relação entre o clima e a agricultura é inegável, mas você sabe quais são os impactos das oscilações climáticas no plantio e na colheita? Continue a leitura e descubra como usar esse recurso como uma ferramenta para um planejamento de precisão.

Qual é a influência do clima na agricultura?

O clima é uma variável indispensável na agricultura, porque grande parte das práticas agrícolas depende dele. Muitos são os fatores afetados por ele, como o zoneamento agrícola. Além do clima, o zoneamento considera, ainda, o solo e o ciclo das diferentes cultivares, tudo para definir quais são os riscos de se conduzir uma lavoura em determinado período.

Outros dois aspectos que mudam completamente o cenário da produtividade agrícola são a temperatura e a umidade do ar, que podem favorecer ou prejudicar os plantios. Cada cultura tem as suas próprias especificações, com condições nas quais ela se desenvolve melhor, não dependendo apenas da estação do ano, mas também das chuvas e das temperaturas.

Quando esses fatores não são levados em conta durante o planejamento, há o risco de tomar decisões equivocadas quanto aos tratos culturais, seja de plantio, irrigação ou mesmo da colheita. Portanto, é necessário não só acompanhar o clima na agricultura, mas também saber o que fazer com esses dados.

Como usar a previsão do tempo a favor do plantio?

Se você ainda não conhece muito bem quais são as possíveis aplicações da previsão do tempo para a eficácia do planejamento da sua lavoura, chegou a hora de entender melhor sobre o processo.

Planejamento das atividades

Considerar as condições climáticas para fazer um planejamento mais acurado da lavoura é realmente importante. Existem centenas de ferramentas disponíveis para acompanhar o clima e alinhar as previsões com as informações da propriedade, como projeção de plantio.

Com o auxílio de alguns softwares de gestão rural, você pode controlar as atividades do negócio e acessar dados meteorológicos relevantes, como:

  • previsões diárias de temperatura, vento e precipitações;
  • previsões quinzenais de janela de pulverização, umidade do ar, evapotranspiração e rajadas de vento;
  • histórico mensal de precipitação e pluviometria.

A partir disso, é possível combinar os dados meteorológicos com as informações disponíveis sobre cada cultivo escolhido e aumentar a eficiência do plantio.

Tomada de decisão mais eficaz

A gestão de riscos faz parte de uma boa administração na agricultura. No entanto, para tomar boas decisões, o produtor precisa estar bem informado sobre tudo aquilo que afeta o seu negócio, sejam fatores que estão sob seu controle ou não.

Não existem tecnologias capazes de corrigir ou controlar as mudanças climáticas, por isso a influência do clima ainda é tão forte na agricultura. Assim, o único recurso disponível é a prevenção contra possíveis danos que eventualmente possam ocorrer.

Nesse caso, além de estratégias como o investimento em recursos que amenizem situações como longos períodos de secas, por exemplo, é preciso considerar opções como um seguro contra perdas por fenômenos climáticos.

Melhoria na previsibilidade

Com uma previsão do clima na agricultura, é possível antever alguns possíveis problemas que a lavoura enfrentará em função de mudanças climáticas súbitas, tais como:

  • redução do florescimento por falta de luminosidade;
  • queda de frutos por altas temperaturas;
  • paralisação no desenvolvimento por baixas temperaturas.

Muitos outros empecilhos podem ocorrer em função da oscilação do clima. No entanto, você conseguirá percebê-los antes mesmo que aconteçam, se adiantando e criando uma estratégia para manter a produtividade da lavoura.

Prevenção contra adversidades

Você já conheceu algumas adversidades que podem acontecer em função do clima na agricultura, mas existem diversos outros riscos aos quais uma lavoura fica exposta, como:

  • plantas murchas em função da baixa umidade do ar;
  • surgimento de doenças das raízes à parte aérea das plantas;
  • morte do plantio por excesso ou falta de chuva;
  • desequilíbrio de pragas e seus inimigos naturais;
  • alteração do zoneamento climático.

Quando você sabe quais são os principais desafios que pode enfrentar durante um plantio, você consegue planejar melhor cada fase, protegendo sua lavoura dos principais problemas pelos quais ela pode ser acometida. Não é necessário esperar por uma mudança climática para agir, você pode se preparar para enfrentar toda essa oscilação.

Qual é a importância de uma rotina de acompanhamento da previsão do tempo?

O acompanhamento da previsão do tempo deve fazer parte da rotina da propriedade. Essa é uma ferramenta importante para o planejamento, monitoramento, correção, controle, plantio e colheita de qualquer lavoura. É o que permite otimizar a produtividade no campo e minimizar os efeitos negativos dos fatores climáticos nas terras cultivadas.

Além disso, pode ser uma ótima forma de aproveitar melhor os recursos naturais, garantindo uma colheita mais satisfatória e saudável. Essa também é uma questão de sustentabilidade para a propriedade enquanto negócio, já que ajuda a empregar melhor os recursos naturais, a reduzir riscos e a diminuir custos desnecessários com intempéries e outras situações.

A atmosfera é realmente muito dinâmica e, apesar do clima típico de cada estação do ano em determinada região, existem mudanças pontuais que podem ocorrer em locais específicos. Sabendo usar essas informações da forma correta, você terá em mãos dados sobre:

  • a água disponível no solo, com áreas adequadas para o desenvolvimento das plantas e aquelas com déficit hídrico;
  • a necessidade de irrigação com base nas últimas chuvas e demanda por reservas hídricas;
  • as condições para o manejo do solo, com os locais onde há boa ou pouca umidade;
  • as condições para tratamentos fitossanitários, que dependem de uma baixa umidade do ar e tempo seco;
  • as condições ideais para a aplicação de defensivos agrícolas, de acordo com a umidade do ar e do solo;
  • as condições para colheita, como tempo seco e baixa umidade do ar.

Acompanhar o clima na agricultura não é apenas um capricho, mas uma questão de sobrevivência e de qualidade na cultura e na colheita. Portanto, agora você já sabe por que é tão importante ficar de olho nas variações climáticas para ter um bom desempenho na lavoura.

Se você gostou deste conteúdo sobre o clima na agricultura, saiba quais são as tecnologias que ajudam o agronegócio a continuar voando alto!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.